Central de Atendimento
Tel.: (44) 3226-3456
Custo da construção tem alta de 4,82% em 12 meses

Calculado pelo Sinduscon em parceria com a Fundação Getulio Vargas (FGV) , o Custo Unitário Básico mede a variação dos gastos mensais das construtoras para a utilização nos reajustes dos contratos de obras.

 

Em fevereiro, os custos médios com materiais subiram 0,06%, os com mão de obra 0,04% e os administrativos ficaram estáveis.

 

Para o vice-presidente de economia do Sinduscon, Eduardo Zaidan, a pequena variação é consequência do desempenho fraco do setor. “A estabilidade do CUB reflete a baixa atividade da construção e, consequentemente, a reduzida demanda por insumos, de um lado, e a queda do nível de emprego no setor, de outro”, ressaltou.

 

Para ele, não há perspectiva de melhora da situação no curto prazo. Não se vislumbra uma mudança neste cenário nos próximos meses”, enfatizou.

 


Fonte: Agência Brasil