Central de Atendimento
Tel.: (44) 3226-3456
Trabalhador já pode solicitar seguro-desemprego via internet

O Ministério do Trabalho lançou nesta quarta-feira nova funcionalidade que permite solicitar o seguro-desemprego totalmente via internet. A ferramenta já está disponível aos trabalhadores no Portal Emprega Brasil (https://empregabrasil.mte.gov.br/).

 

Durante a apresentação do Seguro-Desemprego Web, que ocorreu no auditório do ministério em Brasília, o titular da pasta, Caio Vieira de Mello, afirmou que preferia "estar lançando o seguro-emprego e não o seguro-desemprego".

 

— Mas infelizmente vivemos um momento de alta rotatividade de emprego e instabilidade econômica. O seguro-desemprego representa uma importante fonte de subsistência para o cidadão no período em que ele está buscando uma nova colocação no mercado de trabalho — disse o ministro.

 

O evento também contou com a presença de André Leandro Magalhães, presidente da Dataprev, órgão responsável pelo desenvolvimento da ferramenta.

 

Em 2016, o Ministério do Trabalho solicitou apoio à Dataprev para desenvolver o Portal Emprega Brasil, com novos serviços e com o objetivo de melhorar o autoatendimento para o trabalhador.

 

— O seguro-desemprego 100% web faz parte do mesmo projeto. É um novo modelo de atendimento, com o uso de inteligência para evitar riscos e garantir a segurança de todo o processo — ressaltou Magalhães.

 

Mais atendimentos

 

De acordo com o Ministério do Trabalho, além de agilizar o atendimento, o seguro-desemprego 100% web permitirá que um maior número de trabalhadores seja atendido por dia. Atualmente, são 600 mil requerimentos por mês, em média. Outra vantagem é que o prazo para recebimento do benefício, que é de 30 dias, começará a contar a partir da solicitação feita pela internet.

 

Desde novembro de 2017, a solicitação do seguro-desemprego já podia ser feita pela web, mas o trabalhador ainda era obrigado a ir a um posto de atendimento para fazer a validação dos dados. Agora, se as informações estiverem corretas e não houver nenhuma pendência, ele consegue efetuar todo o processo de casa, de forma segura e ágil.

 

Para fazer a solicitação pela internet é preciso seguir o passo-a-passo informado no portal. Em seguida, o requerimento passa por um processo de análise de riscos, com mecanismos de inteligência avaliando se o requerimento pode ser concedido ou se é preciso ir ao posto para complementar alguma informação.

 

Como fazer o requerimento

 

Para solicitar o benefício, o trabalhador deve entrar no Portal Emprega Brasil e digitar sua senha de acesso. Quem não tiver a senha, deve informar seus dados pessoais, que serão checados nas bases de dados do Governo Federal, e responder um questionário com perguntas sobre a sua vida laboral e previdenciária.

 

Com o acesso ao Portal é preciso clicar em “Solicitar Seguro-Desemprego” e informar o número do requerimento que está no comunicado de dispensa. O usuário, então, será direcionado a seguir o passo-a-passo com oito etapas: confirmação de dados do requerimento; atualização das informações do requerente; formação acadêmica (cursos acadêmicos e de qualificação profissional); indicação de experiências profissionais mais relevantes; objetivos profissionais; pesquisa de vagas com seu perfil, se houver; cursos de qualificação; e por fim, confirmar a solicitação do benefício.


Fonte: O Globo