Central de Atendimento
Tel.: (44) 3226-3456
Renda média do trabalhador brasileiro não cresce há quase dois anos

A renda média real do trabalhador brasileiro não cresce há quase dois anos, segundo os dados mais recentes da Pesquisa Pnad Contínua do IBGE, divulgados nesta quinta-feira. A última vez que os rendimentos tiveram variação significativa foi no primeiro trimestre de 2017, quando estimada em R$ 2.238, havia crescido 1,4% ou mais R$ 31, em relação aos últimos três meses de 2016. Desde então, tem ficado estagnada e, no último trimestre de 2018, somava R$ 2.254.

 

Já a massa de rendimentos, importante indicador do potencial de compra das famílias brasileiras e indispensável para ajudar a atividade econômica alavancar, cresce há três trimestres seguidos e encerrou o ano em R$ 204,6 bilhões.

 

No último trimestre de 2018, a taxa de desemprego brasileira cedeu para 11,6%. A média do ano, de 12,3%, também ficou menor do que a de 2017 (12,7%), quando foi recorde.

 

Fonte: O Globo